top of page

Multirão para o ‘Banhão dos doguinhos’

Banhão faz parte do programa de incentivo à adoção de animais, na cidade. Voluntários também receberam orientações para hora do passeio com os bichinhos, no verão.



Na manhã deste sábado (14) de sol, um mutirão diferente aconteceu em Guaratiba, na Zona Oeste do Rio. Foi dia de banho para 400 animais no abrigo municipal Fazenda Modelo. Todos os bichos que foram recolhidos das ruas ou que sofreram maus-tratos agora estão limpinhos, cheirosos e vacinados, prontos para serem adotados.


O banhão dos doguinhos deste sábado faz parte do programa Verão Animal 2023, da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa dos Animais, que até março promove também as campanhas "Minha pata não tem sola", que visa a conscientizar os donos de cães em relação a passeios em dias muito quentes e a campanha de adoção "Adote um amigo".


Voluntários, como a Beatriz, que mora na Urca, na Zona Sul, saíram de todos os cantos da cidade e foram a Guaratiba ajudar no banhão dos mais de 400 cãezinhos do abrigo. Ela acha importante demonstrar carinho por esses animais.


"Muitos cães sentem a falta de um amor assim da gente. Então, vim de longe para dar esse carinho aos animais e ajudar, dar um apoio aos funcionários. São poucos funcionários e muitos cães", disse a voluntária.


O advogado Rodolfo Calzolari, que já participou de outros quatro banhos coletivos na Fazenda Modelo, desta vez não resistiu aos encantos do vira-lata Fox. Neste sábado, o cãozinho vai ganhar um novo lar. "Toda vez que venho aqui tenho vontade de levar ele embora comigo. Ele me abraça, gosta de ficar abraçar comigo. Acho que hoje eu levo ele para casa, não tem jeito", disse o advogado.


A menina Ágata, de 3 anos, foi à Fazenda Modelo com a família, com a intenção de levar para casa um novo amigo para brincar. O pai da menina, o administrador Robson Castro, disse que já tinha essa vontade de adotar um bichinho.


"Arde no nosso coração essa vontade de adotar uma cadelinha ou um cãozinho. A gente acha superimportante", disse Castro.

A veterinária Carol Batista destacou também a importância da outra campanha, lançada neste sábado, a "Minha pata não é sola". Ela falou sobre os cuidados que donos de cães devem ter, principalmente nos dias de sol quente, para não causar queimaduras nas patas dos bichinhos.


"É importante nesse período passear com os animais no horário das 6h às 10h, quando o calor é menor, e no período da tarde, depois das 17h. Apesar de ainda estar muito quente, são os melhores períodos. Também é preciso passar protetor solar, que existem, e sempre andar com água para que os animaizinhos possam se hidratar no passeio", disse a veterinária.


3 visualizaciones0 comentarios
bottom of page