top of page

Caçador é preso ao tentar vender filhote de onça-pintada em Manaus

Segundo a polícia, o suspeito abateu a mãe do animal e tentava vender o filhote em uma comunidade no bairro Tarumã, Zona Oeste da capital.



Um filhote de onça-pintada foi resgatado na comunidade Agrovila, no bairro Tarumã, em Manaus, na tarde desta terça-feira (3). Um caçador de 74 anos foi preso suspeito de ter matado a mãe do animal e tentar vender o felino por R$ 20 mil.


De acordo com o tenente Alex Tavares, do Batalhão Ambiental da Polícia Militar, a polícia recebeu uma denúncia anônima relatando sobre um caçador que teria abatido uma onça-pintada fêmea que estava com o seu filhote, de aproximadamente cinco meses de vida.


O caçador teria pego o animal e tentou vender para moradores da comunidade, por R$ 20 mil. Ele foi denunciado em seguida.



“O filhote estava sendo mantido dentro de uma caixa de madeira. Após fazer uma busca no local, foi constatado também que havia uma espingarda de fabricação caseira e munição”, disse o tenente.


O homem foi preso e encaminhado para a Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente (Dema), onde o caso foi registrado.


Na delegacia, o suspeito permaneceu calado e não deu explicações sobre onde ocorreu o abate da onça e o que teria feito com os restos mortais do animal, segundo a polícia.


Ferido, o filhote de onça-pintada foi encaminhado para o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturas Renováveis (Ibama) e deve receber os cuidados e reeducação para retornar para a natureza.



Por G1 https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2023/01/03/filhote-de-onca-pintada-e-resgatado-apos-mae-ser-morta-por-cacador-em-manaus.ghtml

1 visualización0 comentarios
bottom of page