Imprimir

10 Ações Ecológicas da Rebia

Escrito por Super User Ligado . Publicado em Institucional . Acessos: 4210

 A REBIA – Rede Brasileira de Informação Ambiental vem fazendo a sua parte para o aumento da conscientização e organização da sociedade na defesa de um mundo sustentável, ambientalmente equilibrado e socialmente justo, ao distribuir a REVISTA DO MEIO AMBIENTE, manter o PORTAL DO MEIO AMBIENTE e distribuir gratuitamente o boletim digital NOTÍCIAS DO MEIO AMBIENTE.

Além de seus projetos de educação ambiental, como a ESCOLA AMIGA DO PLANETA, e oferecer campanhas permanente de Cidadania Ambiental. Ao denunciar o que está errado e também divulgar o que está certo, a REBIA estimula e fortalece a formação da cidadania ambiental planetária. 
Apesar de todos os cuidados que adota, a REBIA provoca impactos ao meio ambiente e, por isso, tem adotado com cada vez maior rigor alguns cuidados a fim de mitigar e compensar tais impactos. São procedimentos que podem ser adotados em qualquer escritório. 
 
1. Transporte – a REBIA escolheu usar mais a internet e o telefone e evitar reuniões físicas que demandam transporte. Para participar de uma reunião física, geralmente se gastava de uma a duas hora, ou até mais, indo para a reunião, que geralmente dura em média de 15 a 30 minutos, e depois outra uma ou duas horas para voltar. Ou seja, quase a metade de um dia. Isso quando a reunião acontece na mesma cidade ou próxima. Se precisar de transporte aéreo, a situação é muito mais onerosa. Como todos na REBIA, inclusive seus parceiros e anunciantes, possuem computador e banda larga, nossa preferência é por videoconferência, cujas reuniões podem ser tão efetivas quanto as presenciais, e também o uso do e-mail e do telefone. 

Como a REBIA está na área de serviços, e todos os seus funcionários e colaboradores possuem computadores e banda larga em suas residências, em vez de obrigar a todos a comparecer diariamente num único endereço, optou-se em que cada um trabalhe em sua própria casa, limitando as reuniões físicas a uma vez por semana, para planejar os próximos passos e rever as metas da semana anterior.

Ao evitar deslocamentos desnecessários e usar menos o carro, ou deixar de pegar um avião, a REBIA contribui não só para diminuir a poluição ambiental, mas também evita participar e contribuir de engarrafamentos, poupa a equipe de estresse, economiza dinheiro, diminui o risco de assaltos ou balas perdidas, etc. Quando é necessário usar o carro, por exemplo, na distribuição da Revista do Meio Ambiente, a REBIA optou por um veículo movido a gás natural.

2 - Medidas compensatórias – ainda que adote uma série de medidas para evitar ou diminuir suas emissões, ainda assim, a REBIA sempre acaba emitindo. Desta forma, adotou o plantio de árvores para retirar da atmosfera este carbono, através de parceria com a OSCIP PRIMA e do Hotel Fazenda Galo Vermelho, em Vassouras (RJ), onde as árvores são plantadas.

3 – Papel – a REBIA tem oferecido o acesso gratuito à Revista pela internet, mas ainda assim, precisa continuar com sua edição impressa que, em breve, estará à venda também nas bancas de revistas e jornais do país. Desta forma, além de exigir da gráfica a ser contratada para imprimir a Revista demonstre possuir política ambiental em relação ao tratamento de resíduos e sua gestão interna, também exige a comprovação de origem e manejo florestal adequado do papel, através de selo FSC.

4. Ar-Condicionado - nem sempre faz calor suficiente na redação para ser preciso ligar o ar-condicionado. Na maioria das vezes, basta abrir janelas e portas ou ligar o ventilador para manter o ambiente refrescado, gastando 90% menos energia. E mesmo quando é preciso ligar o ar, a opção é por combinar seu uso com o ventilador, regulando o ar-condicionado para o mínimo. Além disso, uma hora antes do final do expediente, o ar é desligado, o que equivale a quase um mês de economia no final do ano, além disso, no final do expediente, a temperatura já anda mais amena. A REBIA também adota a manutenção periódica na limpeza dos filtros e, caso seja necessário algum reparo no sistema de refrigeração, exige empresas de manutenção que recuperem o gás, e recusa qualquer possibilidade de descarte ainda que acidental dos gases de refrigeração para a atmosfera.

5. Iluminação – em vez de acender luzes, a REBIA opta por abrir as cortinas, durante o dia. Em vez de lâmpadas incandescentes, que consomem mais, trocou por lâmpadas fluorescentes e de baixo consumo. Lâmpadas fluorescentes gastam 60% menos energia que uma incandescente. Ao adquirir uma nova lâmpada, nos casos de queima, devolve ao comerciante a lâmpada queimada para que encaminhe para o descarte adequado.

6. Computadores – a REBIA optou por substituir os computadores tradicionais por laptops, cujas telas de LCD são mais econômicas, além de ocupar menos espaço na mesa e estão ficando cada vez mais baratos. Para carregar ou partilhar arquivos, em vez de gastar com CDs e DVDs, a REBIA tem escolhido o uso do pen drive.

7 - Água - em vez de copos descartáveis para café, chá ou água, a REBIA adotou canecas permanentes com a finalidade de reduzir o consumo e evitar o impacto ambiental negativo do descarte indevido e excessivo de copos descartáveis. Pela manhã, as garrafas térmicas são cheias de água gelada, evitando o abre-fecha de geladeira toda vez que alguém quer beber água.

8. Pilhas e baterias – em vez de pilhas comuns, a REBIA opta por pilhas recarregáveis que, apesar de serem mais caras, se tornam mais vantajosas a médio e longo prazos, além de serem mais potentes e durarem mais. Evita trocar de celular a cada novidade oferecida pelo mercado, se o celular antigo continua funcionando bem. E quando o problema é a bateria, não jogamos no lixo, mas reservamos junto com pilhas recarregáveis para entregar em postos de coleta apropriados. 

9. Coleta Seletiva - ainda que no bairro onde está instalada a REBIA não tenha coleta seletiva, a REBIA vem realizando a separação do seu material inservível que é doado para pessoas carentes da comunidade. Ao mesmo tempo em que vem cobrando através da mídia parceira a implantação da coleta seletiva na cidade onde tem a sua sede.

10. Esgoto – o fato da comunidade onde a REBIA tem a sua sede não possuir coleta nem tratamento de esgotos, não impediu a REBIA de tomar a iniciativa de instalar um sistema de tratamento de seus esgotos. Trata-se do SANEFIBRA, um sistema aeróbico e anaeróbico de tratamento de esgotos que remove cerca de noventa por cento do DBO (demanda bioquímica de oxigênio). Além disso, a REBIA tem denunciado pela mídia parceira o fato de existir uma estação de tratamento de esgotos no bairro mas não haver a necessária rede de coleta de esgotos.

 

DMC Firewall is a Joomla Security extension!